19 de outubro de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Homens de Araucária morrem mais por doenças preveníveis

(Imagem: Divulgação)

De acordo com o Relatório de Informações Epidemiológicas de 2016 (último relatório realizado), da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), as duas principais causas de morte de homens em Araucária estão diretamente relacionadas a situações que poderiam ser preveníveis com hábitos saudáveis. A principal causa de morte de homens no município é atribuída a diversos tipos de cânceres; principalmente no aparelho digestivo e no aparelho respiratório. As ocorrências surgem a partir dos 50 anos.

Uma análise um pouco mais atenta permite estabelecer relação entre diversos tipos de cânceres no aparelho digestivo e ausência/insuficiência de hábitos saudáveis. O câncer do esôfago pode estar associado ao tabagismo e alcoolismo. O do intestino grosso pode ter relação com a obesidade. Já o do fígado e do pâncreas também podem ser relacionados ao alcoolismo.

Tabagismo

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o tabagismo “é o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo”. O Inca alerta que ele está relacionado a diversos tipos de cânceres (pulmão, cavidade oral, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo do útero e leucemias).

Sobre o aparelho respiratório, o câncer de pulmão é a principal ocorrência. Conforme informações do instituto, fumantes chegam a ter 20 vezes mais chances de ter câncer de pulmão que os não fumantes, 10 vezes mais chances de ter câncer de laringe e de duas a cinco vezes mais chances de desenvolver câncer de esôfago. Para o Inca, “não há limite seguro para o uso do tabaco”.

Circulação

Em segundo lugar nas causas da morte dos homens de Araucária, conforme o relatório da SMSA, estão as doenças do Aparelho Circulatório: principalmente os infartos e os Acidentes Vasculares Cerebrais (“derrames”). A alimentação saudável, rica em vitaminas, com pouco consumo de gorduras saturadas e de sódio, e a prática de atividade física frequente, são apontadas como duas grandes maneiras de prevenir doenças do Aparelho Circulatório.

Para todos os casos, ter acompanhamento periódico de profissionais de saúde faz muita diferença. O homem precisa transformar o cuidado da sua saúde em um hábito. Deve procurar o médico para verificar sua saúde e, pensando na prevenção, fazer exames e receber as orientações necessárias. Em caso de dúvidas, os profissionais do posto de saúde mais próximo da residência podem esclarecê-las.

*Agência Brasil

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta