19 de outubro de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Duas exposições encerram neste domingo no MON

"Memória das ruas: retratos dos personagens de Curitiba" e "Arte moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz" encerram neste domingo (5).(Foto: Divulgação MON)

O Museu Oscar Niemeyer (MON) encerra duas exposições neste domingo, dia 5 de março: “Memória das ruas: retratos dos personagens de Curitiba” e “Arte moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz”. A data também é o último dia das intervenções “Panapaná” e “Yo Soy You”, de autoria de Arnaldo Antunes.

“Memória das ruas: retratos dos personagens de Curitiba” está em cartaz desde o dia 24 de setembro de 2016, composta por retratos e esculturas de personalidades da sociedade curitibana. As obras pertencem ao acervo do Museu Paranaense. A coleção de retratos foi instituída em 1886 sob o título de Pinacoteca Paranaense. Posteriormente, o então diretor do Museu Paranaense, Romário Martins, encomendou uma grande quantidade de retratos ao artista Alfredo Andersen para suprir a lacuna que o diretor considerava existir no acervo.

Aberta para o público desde 27 de outubro de 2016, a exposição “Arte Moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz” reúne importantes nomes do modernismo brasileiro, como Abraham Palatnik, Alfredo Volpi, Anita Malfatti, Cícero Dias, Di Cavalcanti, Iberê Camargo, Lygia Clark, entre outros. A mostra faz um recorte do acervo da Fundação Edson Queiroz entre as décadas de 1920 e 1960, pontuando as importantes fases deste período histórico. A curadoria da mostra é de Regina Teixeira de Barros.

Na quinta-feira (02), haverá uma visita mediada pela exposição “Arte Moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz”, às 19 horas. Toda primeira quinta do mês, o museu abre das 10h às 20h, com entrada franca após as 18h. O visitante pode aproveitar para conferir as 14 exposições em cartaz, passear na MON Loja e MON Café.

INTERVENÇÕES – O jardim externo do MON exibe quatro mil borboletas de cerâmica na intervenção “Panapaná”, inaugurada em 9 de dezembro de 2016. O título da exposição é de origem Tupi e significa coletivo de borboletas, representando os quase 80 artistas do coletivo “Cerâmica Contemporânea Curitiba”. Outra intervenção é “You Soy You”, de Arnaldo Antunes, instalada no chão de vidro do museu desde 21 de dezembro. A exibição da obra é uma parceria entre o MON e a Bienal Literária de Curitiba, e propõe um diálogo entre artes visuais e literatura. As duas intervenções ficam na área externa do museu e tem entrada gratuita.

Serviço

Encerramento de “Memória das ruas: retratos dos personagens de Curitiba”, “Arte moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz”, “Panapaná” e “Yo Soy You” no MON

Até 5 de março de 2016, domingo

Dia 02/3, quinta: Visita mediada pela exposição “Arte moderna na coleção da Fundação Edson Queiroz”, às 19 horas. Entrada gratuita.

Terça a domingo, das 10h às 18h

Ingresso: R$ 12 e R$ 6 (meia-entrada)

Quinta com horário estendido: toda primeira quinta do mês, das 10h às 20h. Entrada gratuita após as 18h.

Quarta Gratuita, das 10h às 18h

Retirada de ingressos: até 17h30

www.museuoscarniemeyer.org.br

 

*Da redação com AEN

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta