18 de novembro de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Cães comunitários que viviam em estação tubo são retirados do local para serem encaminhados a novo lar; mas protetoras duvidam da ação

Dois cães idosos que viviam na estação tubo em frente ao hotel Rihad, foram retirados do local por um funcionário público na última semana. Passageiros traziam diariamente ração e água para os cachorros. Os animais, que já eram conhecidos por grande parte dos araucarienses, também haviam ganhado cobertores para aguentarem o frio. Pelo “despejo” dos cães, uma grande onda de revolta se espalhou pela rede social Facebook entre moradores de Araucária.

A assessora da CMTC, Elaine Bobhko, disse que a companhia estava recebendo diversas queixas sobre os animais no local. “Existem aqueles que defendem e amparam e os que não gostam. Como os cães dormiam dentro do tubo, acabavam evacuando ali mesmo e o cheiro forte tomava conta. Recebemos muitas reclamações e conseguimos finalmente um lar para eles”, garantiu. Segundo ela, ainda na tarde desta quarta-feira os cães serão transportados a nova dona que reside em uma chácara em Guajuvira.

Protetoras independentes também estão revoltadas com a situação e consideram conveniente ao poder público tal ação neste momento. “Vamos ficar atentas a este caso específico. Não acreditamos que agora, depois de anos, eles serão retirados dali e levados à adoção”. Para isto, o grupo que defende a causa pretende microchipar os animais para efetivar o acompanhamento.


*Foto: enviada por uma colaboradora.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta