20 de setembro de 2017
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Osvaldo Poly recebe o título de Cidadão Honorário de Araucária

O radialista, comunicador e ex-funcionário público, de número 39, Osvaldo Poly, que é natural de Guarapuava, mas mora em Araucária desde a sua juventude, recebeu na noite de ontem (31) na Câmara Municipal o título de Cidadão Honorário, que o torna, por lei, araucariense. Familiares e amigos estiveram presentes para prestigiar Poly, que recebeu o título do vereador Francisco Cabrini, o qual teve a iniciativa de propor a homenagem à Casa.

A mesa foi composta por diversos políticos e amigos em particular. Deram seus depoimentos sobre Poly os ex-prefeitos Zezé Ferreira, Rizio Wachowicz e Edvino Kampa, a ex-deputada Rosane Ferreira, o vice-prefeito Rui Souza, os vereadores Alex Nogueira, Roberto Mota, Francisco Cabrini, Adriana Cocci, Clodoaldo e Paulo Horácio.

A vereadora Adriana ressaltou que o homenageado é uma “pessoa rara, que pensa no coletivo”. Rosane complementou o título atribuindo o destaque de “gente decente e do bem”. Para o vereador Alex, foi uma “grande honra ter participado e aprovado o título de Cidadão Honorário”. O vereador Clodoaldo destacou a “humildade de seu ‘velho’ amigo” e Paulo Horácio disse que receber esta homenagem é um privilégio de poucos, pois “com este título, temos a oportunidade de homenagear não o que a pessoa foi, mas sim o que ela é”. O ex-prefeito Rízio lembrou que Poly é uma pessoa que nunca deixou rastros de raiva por onde passou e disse que ele é um exemplo para todo o município. “Pessoas simples e de coração aberto, como você, merecem receber este título. Sua contribuição para a comunidade foi muito grande”, disse Rizio.

Dentre seus familiares, Terezinha Poly, também proferiu algumas palavras sobre o irmão. “Este título é mais que merecido. O que vocês veem aqui, é o mesmo Poly que temos em casa”, ressaltou com alegria. Em meio a tantos elogios, o homenageado afirmou estar extremamente emocionado e feliz, e agradeceu a presença de todos. “Araucária sempre foi minha cidade do coração”, afirmou.

O presidente da Câmara, vereador Roberto Mota, afirmou que o Legislativo tem a obrigação de homenagear pessoas que são referência para a sociedade. “O Poly é uma figura ímpar, por sua alegria, dedicação e simplicidade. Trata-se de alguém que faz parte da cultura de Araucária e que criou uma família tradicional na cidade”, concluiu.

 

*Fotos: colaboração de Aécio Novitski.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta