19 de agosto de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Gestão municipal esclarece boatos e informa que não há nenhum caso confirmado de H1N1 em escolas e cmei’s

Nesta terça-feira (24), a gestão municipal convocou uma coletiva de imprensa para esclarecer um boato que estaria assustando a população. Na tarde de ontem, o Sindicato dos Servidores Públicos de Araucária publicou uma matéria em sua página no Facebook dizendo que casos de H1N1 estão aumentando nos cmeis de Araucária.

Porém, de acordo com a gestão, não há surto de gripe nos centros de ensino e escolas municipais, segundo dado repassado pelo Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde. Não existe, portanto, nenhum caso confirmado da doença, nem com alunos, nem com servidores.
Conforme nota oficial da Prefeitura, pais e responsáveis podem continuar levando as crianças às escolas, porque “não há motivo para pânico”. “Uma informação foi espalhada sem nenhum embasamento técnico e gerou comoção popular. Precisamos tranquilizar estas famílias”, afirmou o Secretário de Comunicação, Pedro Rodrigues Neto.

O que houve, de fato, foi que o marido de uma funcionária de um cmei em Araucária faleceu nesta segunda-feira em Contenda por complicações de gripe. Com isso, a servidora foi afastada por motivo de falecimento.

A Secretária de Educação, Janete Schiontek, também esclareceu que servidores das unidades de saúde não foram às escolas e cmeis aplicar as vacinas nas crianças que estavam, de acordo com suas idades, no grupo de risco, para que os alunos não associassem o fato de estar na escola com algo que lhes causasse certo incômodo ou dor, diferentemente da campanha de vacinação contra a paralisia infantil. Ela enfatizou ainda que está sendo feita a recomendação para que os pais vacinem seus filhos e que nos cmeis todos os cuidados com higiene são devidamente feitos pelos funcionários, desde o cuidado pessoal até os brinquedos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*