20 de setembro de 2017
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Em primeira votação Câmara aprova 4 assessores por vereador

Todos os vereadores estiveram presentes na sessão de ontem (16), na Câmara Municipal. Estava em votação o Projeto de Lei nº 033/2016, que recebeu 10 votos favoráveis. Apenas Clodoaldo votou contra a proposta em questão que aumenta para quatro o número de assessores por vereador.
 
Acontece que, até o dia 05 de abril, cada vereador tinha seis assessores e um Chefe de Gabinete. Porém, na data citada, o Ministério Público enviou à Câmara uma recomendação administrativa determinando que todos os cargos comissionados da Casa deveriam ser exonerados de forma imediata, restando, apenas, os Chefes de Gabinete. Tal recomendação foi acatada e cada vereador ficou então com um CC.
 
O texto do PL votado na noite de ontem define quatro assessores por parlamentar e diminui os salários destes CC’s, que antes eram maiores que os dos próprios vereadores. Caso a proposta não receba nenhuma emenda e seja aprovada em segunda votação na próxima semana, os assessores deverão receber mensalmente um salário de R$ 5.778,67. Desta forma, de acordo com o presidente da Câmara, Wilson Roberto David Mota, seria gerada uma economia de 16 milhões por legislatura.
 
MANIFESTAÇÕES
Representantes dos sindicatos de Araucária, SIFAR e SISMMAR, manifestaram-se no início da sessão cobrando dos vereadores o compromisso em participar da mesa de negociação com a Prefeitura e relembrando as pautas prioritárias da categoria. Aliás, amanhã, quarta-feira (18), os servidores públicos prometem paralisar as atividades para mais uma reunião com o Executivo.
 
Outros manifestantes distribuíram cédulas falsas com imagens do vereador Wilson Roberto Mota, Adriana Cocci, Vanderlei Cabeleireiro e Pedro Nogueira. Fato que foi reprimido pelo presidente da Câmara.
 
O público presente manifestou-se contra o aumento do número de vereadores, contra o aumento dos cargos comissionados na Câmara e por salários mais baixos. Ao fim da sessão, Betão pediu a atuação da Polícia Militar para conter os ânimos dos manifestantes, momento em que gerou ainda mais revolta do público.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta