25 de novembro de 2017
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Iniciaram hoje as visitas monitoradas à exposição “Culinária” no Museu Tingui-Cuera

14ª Semana Nacional de Museus

O Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) está promovendo neste ano a 14ª Semana Nacional de Museus, com o tema “Museus e Paisagens Culturais”. O Museu Tingui-Cuera, de Araucária, faz parte da programação do Ibram, e, hoje (16), foram iniciadas as atividades relacionadas à Semana Nacional, com visitas guiadas pela exposição “Culinária – tradição transmitida de geração para geração”.

Nesta semana, até sexta-feira, diversos alunos dos 5º anos das escolas municipais visitarão o museu. De acordo com Dilma Kovalczyk, coordenadora do museu, o tema foi escolhido por tratar-se de um patrimônio imaterial. “Durante a visita, a monitora explica aos alunos sobre os povos que interviram positivamente na culinária de Araucária. Muito além dos poloneses, temos hoje influência dos indígenas, portugueses, italianos, africanos e muitos outros imigrantes”, disse.

Após as explicações de Marcia Alves da Cruz, monitora na exposição, os alunos são conduzidos ao auditório do museu para o lanche e para participarem da “cerimônia da broa”, alimento que representa uma antiga tradição e permanece na cultura araucariense até os dias atuais, após ter passado de geração em geração desde a época dos ucranianos e poloneses que habitavam o município. “Eles recebem um pedaço da broa e adicionam o sal. Esta cerimônia era feita pelos povos antigos aqui na cidade em casamentos e bailes, pois representava prosperidade”, comentou a coordenadora.

Segundo a monitora, os alunos que visitaram o museu nesta segunda-feira, das escolas Presidente Castelo Branco e Archelau de Almeida Torres, estavam atentos às explanações e bastante curiosos. Amanhã, será a vez dos alunos da escola Ibraim Mansur e Terezinha Theobald. Nos outros dias, devem participar da atividade alunos das escolas municipais Professor Alderico Ozório, Rui Barbosa e João Sperandio.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta