21 de outubro de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Página no Facebook desenvolvida por araucariense estimula reflexões socioculturais

O professor araucariense Leandro Marcondes escreve, há mais de um ano, na página do Facebook “Araucária de Força”. A página faz parte de um projeto sobre educação e sociedade, ainda desenvolvido somente na internet, que busca propagar cultura incitando reflexões em âmbito filosófico, político, histórico e literário.

De acordo com o administrador da página, o foco principal é chamar a atenção de todos os jovens da cidade para questões do dia a dia. “Destaco que quando falamos em cultura e filosofia, trazemos o nosso leitor para reflexões do cotidiano, isto implica algumas questões políticas, porém, com o foco educacional”, comentou. Para ele, é importante que os cidadãos tenham um pensamento crítico. “O que assusta um pensador é justamente a falta de interesse e reflexão em relação a questões relevantes dentro de uma sociedade. A evolução política e cultural só será possível se debatermos tais assuntos. Infelizmente, o conservadorismo e os discursos prontos falam mais alto, afetando, assim, toda a coletividade. Então, busco através da minha página, intervir culturalmente”, afirmou.

O professor Leandro destaca que, apesar dos obstáculos em tentar difundir suas ideias, visto que na internet há milhares de outros atrativos, não desanima e não pretende parar com seu trabalho. “Se hoje existe uma grande dificuldade para o professor ensinar dentro de uma sala de aula tradicional, imagina no meu caso, sendo que a minha sala de aula é o Facebook e as minhas publicações são o ‘conteúdo’. Tento ensinar a reflexão para o público de forma sucinta. Ainda que com todos os percalços, sinto-me na obrigação como ativista cultural em continuar escrevendo”, declarou.

A página de Leandro, segundo ele, é uma alternativa para mostrar a todos que existe a preocupação com o país e que é possível fazer diferente, mesmo sendo um trabalho de pequenos passos. Para seguir as publicações do professor, basta digitar “Araucária de Força”, na barra de buscas do Facebook.

 

*Foto: Divulgação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta