19 de agosto de 2018
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Guarda Municipal participa de capacitação para a Patrulha Maria da Penha

Nesta semana, cerca de 20 Guardas Municipais, representantes da Secretaria de Saúde, Secretaria de Assistência Social, Poder Judiciário, Conselho Municipal da Mulher, Promotoria Pública, Delegacia de Polícia e Conselho Tutelar estão participando e sendo capacitados para a Patrulha Maria da Penha. Tratam-se de melhorias no projeto que já atua contra a violência doméstica, e que deverão ser implantadas dentro de 30 dias, garante o Diretor do Departamento da Guarda Municipal, Alaercio Libel.

De acordo com Libel, a Patrulha realizará dois tipos de atendimento. “O emergencial ou imediato, ou seja, quando a ocorrência estiver acontecendo a equipe se desloca até o local. E em segundo plano, o atendimento posterior que consiste em visitas à pessoa afetada, atendimento psicológico e todo o acompanhamento da situação”, afirmou o Diretor. Ainda, segundo ele, a equipe que integrará a Patrulha Maria da Penha, irá até o local da ocorrência com uma viatura diferenciada e discreta, a fim de não expor a vítima.

Dados da Secretaria Municipal de Segurança Pública revelam que, em média, acontecem cerca de 15 atendimentos sobre violência contra a mulher todos os meses em Araucária. “São raros os casos de agressões graves, pois nossa equipe sempre consegue chegar a tempo”, declarou Libel. Com a colaboração da equipe geralmente os envolvidos chegam a um acordo, contudo as medidas protetivas são sempre colocadas em vigor conforme a Lei Federal nº 11.340/2006.

Denúncias sobre violência contra a mulher podem ser feitas pelo número 153 ou 3642-1226.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*