25 de setembro de 2017
Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Emissão de Nota Fiscal de Serviços em papel pode gerar multa

As empresas que não foram dispensadas do uso da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e fizerem o uso da Nota Fiscal de Serviços convencional estão sujeitas a multa por uso de documento fiscal não autorizado, conforme a Lei Complementar n° 11, de 19 de janeiro de 2016. Desde o dia primeiro de março desde ano, todas as empresas prestadoras de serviço, com sede em Araucária, são obrigadas a fazer uso da NFS-e.

A autuação é de R$ 5.000,00 quando a empresa utilizar nota fiscal ou livro de prestação de serviço sem a devida autorização do órgão competente. Aqueles que ainda não se cadastraram para emitir a Nota Fiscal Eletrônica, devem acessar o link e seguir as orientações: http://nfse.araucaria.pr.gov.br/portal/

Vale lembrar que a NFS-e é um documento digital emitido e armazenado eletronicamente. Para as empresas, o benefício está na redução de custos. Já para os profissionais que realizam a contabilidade, a vantagem é a facilidade da Escrituração Fiscal e Contábil.

De acordo com o Portal da NFS-e mais de 1530 empresas já solicitaram o credenciamento e até hoje 1425 empresas de Araucária estão autorizadas a emitir a Nota Fiscal eletrônica.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da PMA.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta